fbpx
Harmonização 24/03/21

Sua Páscoa com vinhos do Douro, da Quinta do Crasto

Sua Páscoa com os vinhos do Douro, da Quinta do Crasto, vai ficar ainda mais gostosa. Situada na margem direita do Rio Douro, ao Norte de Portugal, é classificada como Patrimônio Mundial da Unesco e produz vinhos e azeites da mais alta qualidade.

Boa comida a mesa e bons vinhos na taça não podem faltar na Páscoa, confira dicas de harmonizações com os vinhos da Quinta do Crasto para que sua Páscoa fique ainda mais deliciosa.

Flor de Crasto Tinto

O vinho Flor de Crasto Tinto é moderno e fresco, além de ser um vinho fácil de beber. Ele tem notas de frutos vermelhos, com taninos suaves. Para a harmonização a indicação é de pratos como o Arroz de polvo com azeitonas ou bacalhau em natas.

Crasto Superior Tinto

Produzido com uvas da região do Douro Superior, o Crasto Superior Tinto possui notas de frutos silvestres do Douro, além de notas de especiarias. É um vinho equilibrado, com excelente volume e taninos aveludados. Para a harmonização a indicação de Cabrito assado com arroz de forno.

Quinta do Crasto LBV

É um vinho do Porto de uma só colheita, feito com uvas provenientes de Vinhas Velhas e engarrafado após 6 anos de envelhecimento em tonéis de carvalho português.  O LBV da Quinta do Crasto Possui frescas sensações aromáticas de frutos silvestres. Para a harmonização a indicação ficam com as sobremesas de Páscoa: Bolo trufado de chocolate, Rosca de Páscoa, Cocada e Pão de Mel.

E que tal uma receita exclusiva para deixar sua Páscoa com vinhos do Douro ainda melhor? A indicação é do vinho Roquette & Cazes, projeto que une duas vinícolas: Quinta do Crasto e Château Lynch-Bages Bordeaux. É um vinho com excelente estrutura composta por taninos poderosos, mas de textura suave.

A receita para harmonizar com este belo vinho, você confere abaixo. Cortesia Relais & Châteaux Cordeillan-Bages

Bolo de Chocolate com Amêndoas

Cortesia Relais & Châteaux Cordeillan-Bages

Ingredientes

  • 8 ovos
  • 150g de açúcar de confeiteiro
  • 150g de amêndoas sem pele
  • 150g de chocolate 70% cacau

Cobertura

  • 100g de açúcar de confeiteiro
  • 80g de chocolate 70% cacau
  • 40g de cacau em pó
  • 50g de nibs de cacau
  • 1 colher de sopa de óleo de semente de uva
  • 2 folhas de gelatina incolor

Modo de Preparo

Bolo

Pré-aqueça o forno a 180 °C. Untar com manteiga uma forma de 28 cm de diâmetro. Separar as claras das gemas. Utilizando uma batedeira, bater as gemas com o açúcar até obter uma mistura cremosa – deverá formar um fio quando levantar as varetas da batedeira (cerca de 10 min). Em banho-maria, derreter o chocolate com 40 ml de água. Não aquecer demais a panela, a água nunca deverá ferver. Ralar as amêndoas, misturá-las com o chocolate derretido e incorporar este preparado na mistura cremosa. Bater as claras em neve e, com uma espátula, incorporá-las na preparação. Verter a massa na forma e cobrir com um disco de papel vegetal. Assar no forno durante 35 min a 180 °C. Deixar o bolo esfriar na forma e a seguir desenformá-lo sobre uma grelha.

Cobertura

Amolecer as folhas de gelatina em água fria e escorrer bem. Numa panela, ferver 250 ml de água e o açúcar. A seguir, verter esta preparação sobre o chocolate e o cacau em pó. Mexer bem e adicionar as folhas de gelatina. Adicionar o óleo de semente de uva e incorporá-lo com uma espátula. Não deixar esta mistura esfriar. Cubra de uma vez só o bolo e espalhe por toda a superfície e pelas laterais. Deixar escorrer o excesso e colocar o bolo numa travessa. Decorar o contorno do bolo com os nibs de cacau.