Monte Velho Orgânico, representação do Alentejo em modo de produção orgânica - Qualimpor
Vinhos 13/10/21

Monte Velho Orgânico, representação do Alentejo em modo de produção orgânica

Monte Velho Orgânico é produzido com uvas que crescem em modo de produção orgânica na Herdade do Esporão, segue o alinhamento do Monte Velho Tinto, produzido desde 1990 mas desta vez feito somente com uvas que crescem dentro do território da quinta.

O Esporão possui cerca de 450 ha que crescem em modo de produção orgânica. A dimensão deste território, solos, castas e a biodiversidade inerente permitem trabalhar de forma adequada e ao mesmo tempo explorar o perfil único e exclusivo deste Monte Velho.

Mantendo os padrões de qualidade de Monte Velho, o Orgânico continua o propósito da marca de representar o Alentejo, desta vez trazendo a sub-região do Reguengos de Monsaraz e o método de produção orgânica para 643ha do Esporão.

Detalhes do vinho

Aspecto límpido, cor urbi intensa. Possui aroma de bagas silvestres, amoras pretas, com nuances de musgo e pimenta verde. Ao paladar é intenso, sólido e consistente, com notas de fruta preta madura, mas fresca. Com taninos polidos e persistentes, que se expressam num final longo e expressivo.

Vinho versátil e gastronômico

É um vinho muito aromático com frutas vermelhas, frutas pretas, algumas especiarias, mas também é um vinho que na boca é intenso e equilibrado, complexo, mas em simultâneo com taninos suaves e fácil para acompanhar vários pratos, nomeadamente pastas, carnes grelhadas, peixes com mais textura. É um vinho de mesa, é um vinho de companhia.

Quando damos a provar um copo de Monte Velho em Portugal ou em qualquer parte do mundo, as reações são sempre positivas. E são positivas porque este é um vinho agradável, gastronômico e equilibrado. Um aspecto muito interessante é que é igualmente um vinho com capacidade para ser guardado e bebido mais tarde, com prazer. Esta é uma característica que o Esporão Reserva tem e que o Monte Velho também herdou.

Conheça também: